Hórus é um deus egípcio com cabeça de falcão. Sua mãe, Isis, é a deusa dos lares que protege os mortos e lhes devolve a vida.

Seu pai, Osíris, é o deus agrário que simboliza a força inesgotável da vegetação e a atividade do universo.

Hórus simboliza a acuidade do olhar justiceiro e vela pela estrita execução dos ritos e das leis. É visto muitas vezes em combate para salvaguardar o equilíbrio entre as forças adversas e para fazer triunfar as forças da luz.

Hórus é inspirador no sentido de lembrar que todos os fatores do universo estão interligados e que é preciso adotar e aceitar inúmeros pontos de vista no processo de compatibilizar interesses e visões da sociedade. O bem maior é a conservação ambiental e dos recursos naturais para benefício da humanidade e das gerações futuras.